Total 

Sistema construtivo ICF

O sistema construtivo ICF – “Insulated Concrete Forms” – é constituído por formas de EPS (Poliestireno Expandido), que após a sua montagem, são preenchidos com concreto armado, formando as paredes de vedação e estrutural ao mesmo tempo da edificação. Este sistema junta assim um material de alta resistência, o concreto armado, que fica confinado entre duas camadas de EPS, material de elevada capacidade isolante. Esta combinação cria uma parede com propriedades de desempenho superior ao convencional, com destaque para o elevado isolamento térmico e acústico, superior segurança contra incêndios e elevada resistência estrutural.

Trata-se de um sistema de construção tecnicamente avançado e sustentável, que não é pré-fabricado, e que permite uma poupança considerável de custos e energia em todas as aplicações. A RConstruções & Reformas utiliza esta tecnologia dada a rápida execução, custos controlados e excelentes índices de sustentabilidade que o sistema oferece.

O sistema ICF dispõe de benefícios em relação ao sistema convencional, mesmo tendo um custo equivalente aos sistemas construtivos atuais, tais como:

  1. Rapidez na construção, ou seja, de três a quatro vezes menor no tempo de execução dos trabalhos.
  2. Quantidade menor de mão de obra direta para execução dos empreendimentos.
  3. A edificação torna-se térmica, em função das paredes de EPS (poliestireno expandido); como consequência, não necessita de sistemas permanentes para refrigeração de ar.
  4. A edificação torna-se acústica, em função das paredes de EPS (poliestireno expandido), como consequência ocasiona maior privacidade nos cômodos da construção.
  5. Na construção do empreendimento as perdas de material, tornam-se praticamente insignificantes.
  6. A limpeza durante a execução do empreendimento.
  7. Em função desta construção ser de paredes de concreto armado, revestida de EPS (poliestireno expandido), a mesma fica isenta de fissuras, trincas, rachaduras e umidade, como consequência, temos a inexistência de ácaros, fungos e bactérias tão nocivos à saúde em geral.

A construção com EPS proporciona ao usuário

  • 1. Conforto térmico e acústico
  • 2. Qualidade de vida, melhores condições de saúde pois o material não propaga fungos ou bactérias
  • 3. Redução no consumo de energia
  • 4.Material aprovado pela Caixa Econômica Federal
  • 5. Possibilidade de certificação LEED® for Home
  • 6.Benefícios com a legislação verde

Principais vantagens de se construir com o EPS

  • 1. Baixo Peso (Material até 80% mais leve que o tijolo
  • 2. Facilidade de Manuseio e Alta Versatilidade
  • 3. Resistência à Compressão e Isolamento balístico
  • 4. Alta Resistência Mecânica e Baixa Absorção de Água
  • 5. Resistência ao Envelhecimento e Absorção de Choques
  • 6. Resíduos 100% recicláveis

Processo Construtivo – Sistema Construtivo ICF

1 - FUNDAÇÃO

Casa pré fabricada - Salvador/ Bahia - Simulador de custosDepois de o terreno ser devidamente compactado e nivelado, iniciam-se os trabalhos de escavação de baldrames e/ou concretagem das bases ou radier. Em qualquer desses casos, serão deixadas esperas de aço CA-50 com 60 cm de comprimento a partir da fundação. Elas direcionarão a 1ª fiada de blocos de EPS, que darão origem à estrutura-vedação da obra

2 - ESTRUTURA E VEDAÇÃO

A partir da 1ª fiada perfeitamente alinhada e esquadrejada, inicia-se o processo de montagem da vedação. Ela é composta por concreto armado enformado em blocos de EPS (poliestireno expandido), nas dimensões 1,19 x 0,30 x 0,14 m, sendo a camada de concreto armado de 0,06 cm de espessura.

O concreto com resistência mínima de 15 MPA armado com aço CA-50 de  mm conforme projeto estrutural em toda a extensão da vedação. O conjunto propicia uma resistência térmica mínima de 2,4 °C/w.m2.

3 - REVESTIMENTO DE PAREDES

As paredes serão chapiscada com argamassa de cimento colante com resina polimérica no traço 1,6l para cada 20 kg. A mistura será aplicada por meio do processo de chapisco rolado sobre telas. Nas paredes internas, gesso pode ser aplicado sobre o chapisco. Nas áreas molhadas, o revestimento cerâmico pode ser aplicado direto sobre as paredes utilizando argamassa colante piso sobre piso com resina polimérica. As argamassas de revestimento interno e externo são de cimento, areia e resina polimérica – no traço de 1:3:0,5 – ou revestimento acrílico texturizado colorido, eliminando as fases de pintura.

4 - LAJES E FORROS

Dependendo do projeto executivo, as áreas de forro serão em laje-painel ou tijolos de EPS ou cerâmico e vigas treliçadas unidirecionais. A partir das paredes estruturais serão deixados arranques, que têm a função de negativar as treliças das lajes pré-moldadas. Executa-se uma capa de recobrimento de concreto com 4 cm, armada com tela soldada ou similar de 3,6 mm e malha de 20×20 cm.

5 - COBERTURA

Serão utilizadas telhas cerâmicas com estrutura de madeira ou metálica. O madeiramento do telhado (tesouras, ripas, contraventamento) deverá apresentar alta resistência à compressão, de acordo com projeto executivo.

© Copyright 2019 - RConstruções & Reformas